Institucional  Notícias  Artigos  Membros  Quarta-Feira, 26 de Abril
IPTS > Notícias > Inês de Castro, 1355-2005
« Voltar



Inês de Castro, 1355-2005
BIBLIOTECA NACIONAL
09/04/2005

A partir de 7 de Abril e até 28 de Maio de 2005, a BN ? Biblioteca Nacional irá comemorar os 650 anos da morte de Inês de Castro (1355-2005) com uma Exposição alusiva a tão mítica figura da história portuguesa.

O acervo da BN inclui uma vasta colecção, nacional e estrangeira, inspirada na figura de Inês de Castro. Assim, neste ano inesiano de 2005, os 650 anos da morte da ?mísera e mesquinha / que depois de ser morta foi rainha? não podiam ficar esquecidos. Para lhe dar ainda mais visibilidade, a BN fez uma selecção possível de pintura dos séculos XIX a XXI, tornando-a um dos pólos lisboetas das comemorações, para que sirva como meio de dar a conhecer, interessar e quiçá inspirar um público que aprecie a poética história de Inês de Castro, da qual disse Camões que ?as ninfas do Mondego a morte escura / chorando longo tempo memoraram.?

Inês de Castro é uma figura da história portuguesa que, objectivamente, só pela sua morte brutal e pela actuação a que levou o príncipe seu apaixonado se destacou, enchendo páginas de historiografia e de literatura, não só em Portugal mas em toda a Europa. Nada disto aconteceu por mérito próprio, a não ser pela sua beleza referida logo pelo primeiro cronista ? seu contemporâneo ? que dela falou, Pedro Lopez de Ayala, na Coronica del Serenissimo rey don Pedro [Pedro, o Cruel de Castela].

Inês de Castro foi aia de D. Constança, mulher do príncipe D. Pedro (Pedro I de Portugal), filho de D. Afonso IV. Os amores de Pedro e Inês provocaram a ira do Rei D. Afonso IV, e dos seus conselheiros, desencadeando a história romântica e com um fim trágico hoje conhecida de todos.




 
Pesquisar


Web Este site
Google
      


IPTS

« Voltar


Imprimir esta Página
Imprimir

Enviar esta Página a um amigo
Enviar a um Amigo
   

© Copyright Grafyarte by Joao Martins, 2002 - 2014. Condições legais de Utilização

 
570 visitantes online.