Institucional  Notícias  Artigos  Membros  Quarta-Feira, 26 de Abril
IPTS > Notícias > Engº Lambert & SILKTOP ( II )
« Voltar






Engº Lambert & SILKTOP ( II )
06/04/2005

   Quando montou a empresa Silk Top, ele tinha como recursos a experiência e uma ousadia social comum a quem desbrava a vida. Os primeiros cursos foram dedicados à Serigrafia, desde o processo mais simples e artesanal ao quadricrómico, e seguiu-se a Tampografia, a Estamparia Localizada e o Transfer. Com a Silk Top, o químico e serígrafo E. G. Lambert passou a encarar uma pedagogia tecnológica que levasse a todos os sectores sociais a oportunidade profissional, como aquela do ´Curso à Distância´ ou do ´Tele-Curso´ - ou, para entrar logo no mundo da Era do Conhecimento, do tipo '@-Learning' -, daí que, numa segunda fase, e já no Séc. XXI, tenha reformulado a base técnica dos cursos, agora mais ´digitais´ do que ´videográficos´.

   Sobre esta questão, o melhor é ouvir o próprio Engº E. G. Lambert em entrevista concedida para TN Comunic e o IPTShome: ?As novas tecnologias estão aí, e quem está no meio técnico educacional tem de se adequar a elas para abrir mais espaço. Entretanto, no caso do Brasil, que é um país-continental com diferenças sociais e de oportunidade brutais, o curso videográfico é o que chega mais longe, porque nem todas as pessoas têm acesso ? ou nem têm ? computador, pelo que o curso digitalizado destina-se mais aos meios urbanos. Mas, seja qual for a plataforma técnica dos cursos, o que interessa à Silk Top é levar o Conhecimento e a Oportunidade a cada pessoa? [São Paulo / Br., Março de 2005]. Na verdade, toda a América Latina sofre do mesmo efeito castrador que é a profunda e desumana diferença social que estabelece a Fome e a falta de Oportunidade para a maioria das pessoas. São acções técnico-pedagógicas e sociais como as de Lambert que ajudam a criar caminhos outros!

   Hoje, Silk Top é sinónimo de cursos de formação para pessoas iniciantes e de capacitação para veteranas nos ramos da Comunicação Visual. E ?...apesar do sucesso dos cursos, é difícil manter o projecto. É difícil sobreviver querendo criar oportunidades...? [ibidem]. O desabafo dele na entrevista tem a sua razão de ser: hoje, as pessoas se ´acham´ capazes de pegar uma profissão com algumas noções teóricas e à espera que o tempo as forme empiricamente, i.e., que as ´encaixe´ profissionalmente; ora, enquanto a maioria continua a se alimentar com esse erro, são poucas as pessoas que enxergam mais além e percebem a Oportunidade através de um Curso Técnico de Capacitação Profissional. O trabalho deste técnico e pedagogo brasileiro pode ser aferido na sua página electrónica na Web [www.silktop.com.br]. ?Eu, sozinho, desenvolvi os cursos que constam em meu ?site?, e mais alguns que dali removi por falta de interesse do publico. Cada um deles carrega o meu respeito ao Aprendiz, e comprova que o meu estabelecimento não é puramente comercial, e sim, um acto de responsabilidade que me cabe desenvolver, no que diz respeito ao ensino e à divulgação de tecnologias. Enfim, represento uma Escola, que tenta cumprir com dignidade a sua missão de ensinar, apesar das dificuldades e dos entraves existentes no Brasil", disse ele na mesma entrevista.

   Mesmo com o desgaste que é sobreviver a duras penas com a manutenção de um óptimo projecto educacional, Lambert percebeu outro ´nicho´ que precisa urgentemente de capacitação: quem vende produtos serigráficos nos balcões das lojas especializadas. É verdade. Poucas pessoas sabem realmente o que é o produto que vende ? e, menos ainda, para que serve. E agora, em 2005, a Silk Top já projecta o Curso de Capacitação Para Balconistas De Lojas Serigráficas.

   Eis aqui um pouco sobre a Silk Top e um pouco sobre a dimensão técnico-pedagógica do Engº E. G. Lambert.
[João Barcellos]

[Obs - Voltar a Engº Lambert & SILKTOP ( I ).]




 
Pesquisar


Web Este site
Google
      


TerraNova

« Voltar


Imprimir esta Página
Imprimir

Enviar esta Página a um amigo
Enviar a um Amigo
   

© Copyright Grafyarte by Joao Martins, 2002 - 2014. Condições legais de Utilização

 
584 visitantes online.